Parashá Haazinu

B´´H

O dia de Iom Kipur é o dia de nosso perdão. A seguir, quatro afirmações de nossos Sábios sobre o poder da Teshuvá.

Grande é a Teshuvá, pois ela transforma as transgressões intencionais em atos meritórios.                          (Talmud Yoma 81)

Quem faz Teshuvá é considerado como se tivesse subido a Jerusalém, construído o Santuário, construído o altar e oferecido todas as ofertas prescritas na Torá.                                            (Vayikrá Rabá 7)

Grande é a força da Teshuvá que quando uma pessoa reflete com seu coração para fazer a Teshuvá, ela se eleva imediatamente ao céu mais elevado, à presença do Trono da Glória. (Pesikta Rabati 44)

Rabi Eliezer disse: “Arrependa-se um dia antes de morrer”. Diante disso, seus discípulos lhe perguntaram: “Alguém sabe em que dia morrerá?”  Rabi Eliezer respondeu: “Justamente por isso, arrependa-se hoje para que não morra amanhã desta forma, assim, todos os seus dias serão com Teshuvá.”                                                                                                                                                        (Talmud Shabat 153)