Parashiot Acharei-Kedoshim

Pérolas Acharei–Kedoshim

( Levítico  16:1–20:27)

Traga santidade para seu dia a dia

Nesta semana, lemos duas porções da Torá, Acharei e Kedoshim. No começo de Kedoshim, (Levítico 19:2)  existem três mandamentos: 1) “Você será santo”; 2) “Toda pessoa temerá sua mãe e seu pai”; e 3) “Guardareis os meus Shabatot.” O fato de essas três Mitsvot (mandamentos) se sucederem indica que elas estão inter-relacionadas.

O termo “santo”, neste exemplo, significa separação. O povo judeu deve estar separado das nações do mundo. E eles devem se distinguir nos modos de comer, beber, conduzir negócios etc.

O objetivo da santidade e espiritualidade de um judeu, no entanto, não é egocêntrico – ser santo apenas para si. Devemos ser capazes de orientar nossos filhos a seguir os caminhos de nossos ancestrais. E é por isso que esta  Mitsvá é seguida por “toda pessoa temerá sua mãe e seu pai” – o que alude à obrigação da educação judaica.

Os pais são os primeiros educadores. A mãe e o pai devem incutir nos filhos o sentimento de que são diferentes do resto do mundo, de que fazem parte de uma nação santa.

A sequência desse versículo é “sua mãe e seu pai”, mencionando primeiro a mãe. Pois a mãe é o pilar do lar, e a maior parte da educação está em suas mãos.

Como uma pessoa imbui seus filhos, e a si próprio, da consciência de ser uma nação santa? Isso é trazido pelo terceiro mandamento: “Guardareis os meus Shabatot“.

O Shabat é um sinal entre D´us e o povo de Israel. Fortalece e reforça a nossa fé de que Ele é o Criador do universo.

O Shabat foi dado apenas ao povo judeu, e não às nações do mundo. Observar o Shabat significa, portanto, guardar o sinal e pacto entre Israel e D’us.

Por sua vez, isso nos trará um círculo completo. Isso reforçará em nós mesmos e em nossos filhos a Mitsvá de “Vocês serão santos”, a ponto de nossas atividades cotidianas serem infundidas em santidade.

Que possamos trazer a santidade para nosso dia a dia nos tornando assim um exemplo para todos ao nosso redor.

Shabat Shalom Umevorach!