Pérolas Nitzavim

.Parashat Nitzavim

(Deuteronômio 29:9- 30:20)

 

Nitzavim e Rosh Hashaná


A Parshá Nitzavim é sempre lida no Shabat anterior a Rosh Hashaná: “Vocês estão hoje, todos vocês, diante do Senhor seu D’us, suas cabeças, suas tribos, seus anciãos … todos os homens de Israel, seus filhos e suas esposas … para entrar na aliança do Senhor seu D’us. ” (Deut. 29:9 – 29:11). Com essas palavras, Moshé levou o povo judeu a um estado de responsabilidade coletiva e mútua. De fato, nossos Sábios declararam: “Todos os judeus são fiadores um do outro”.

 

O que exatamente é um fiador e quem é elegível para ser um? Segundo a lógica, apenas uma pessoa que fosse superior a outra em um determinado aspecto poderia fornecer uma garantia. Considere o exemplo de uma pessoa pobre, sem posses, que solicitou um empréstimo. O credor não pode contar com a capacidade do pobre de pagá-lo de volta; então, pede a um rico, a alguém abonado, que seja fiador. Dessa forma, o credor certifica-se de que será reembolsado.

 

Por outro lado, seria ilógico esperar que um pobre agisse como fiador de um empréstimo para um rico.

 

O que, no entanto, significa: “todos os judeus são fiadores um do outro”? Como é possível que o indivíduo mais humilde possa atuar como fiador do que está em melhor posição social e econômica?

 

Comentando o versículo “Vocês estão hoje, todos vocês”, os Sábios explicam que os judeus compreendem uma única entidade. Metaforicamente falando, o povo judeu forma um corpo, com cada judeu sendo parte integrante do todo. Um corpo físico é composto por muitos órgãos e membros, cada um com sua função única. Que a cabeça posiciona-se acima do pé é óbvio, mas sem o pé, o corpo estaria incompleto. Um defeito no pé afetaria a pessoa inteira; a cabeça sofre se algum membro do corpo for defeituoso. Para existir como uma entidade saudável, o corpo exige que todos os seus órgãos estejam em perfeitas condições e trabalhem em consonância.

 

O mesmo acontece com o povo judeu. Existem muitos tipos e categorias diferentes de judeus. Alguns estão no nível da “cabeça”, enquanto outros podem ser considerados os “pés”. No entanto, todo e qualquer judeu é de valor inestimável, uma parte essencial do povo judeu sem o qual o “corpo”  seria incompleto. Por esse motivo, todos os judeus são “fiadores uns dos outros”, pois cada indivíduo possui qualidades únicas necessárias à integridade do todo.

 

A verdadeira união só é possível quando todos estivermos juntos como uma só entidade. Isso não exige apenas a participação de nossas “cabeças”, “líderes das tribos” e “anciãos”, mas também de “lenhadores” e de “aguadeiros” de igual relevância.

 

 

 

Shabat Shalom Umevorach e Shana Tová Umetuka!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *