Parashá Devarim

Este Shabat é o anterior a Tisha BeAv, conhecido como o Shabat Chazon. O Rebe Levi Itschak de Berditchev costumava dizer que o nome Shabat Chazon origina-se da palavra visão, pois “neste dia todos têm uma visão do futuro Templo Sagrado”.

Qual é a finalidade dessa visão? É para nos inspirar e encorajar: tendo vislumbrado o Terceiro Templo em toda a sua perfeição celestial, tudo o que resta para fazer é concretizá-lo nesta realidade. Certamente, nem todo mundo enxerga esta imagem, apenas os grandes Tsadikim! Então, qual é o sentido para a maioria das pessoas?

Essa situação pode ser comparada a um episódio que ocorreu com o Profeta Daniel. “Somente eu, Daniel; os homens que estavam comigo não a viram, mas um grande tremor caiu sobre eles …” (Daniel 10:7). Nossos Sábios perguntam: “Se eles não viram a aparição, por que o pavor?”. E eles respondem: “Embora não o tenham visto, suas almas o viram”.

Do mesmo modo, no Shabat Chazon, a alma vê o futuro Templo Sagrado; além disso, esta percepção deixa uma marca no indivíduo, em seu corpo e em seu espírito.

Aproveitemos este Shabat para “abrirmos nossos olhos” e permitirmos que esta marca nos transforme em pessoas melhores, aproximando, assim, a era em que enxergaremos, literalmente, a Presença espiritual neste mundo.