Parashá Shelach

B´´H

Pérolas Shelach

“E D’us falou a Moshê, dizendo: envie alguns homens para espionar a Terra de Canaã.” (Bamidbar, 13: 1, 2)

De acordo com Rashi, por enviar subentende-se “enviar de acordo com o que achar adequado”. A palavra hebraica equivalente a enviar – shelach – implica um senso de missão e propósito. Todo judeu recebe a Missão Divina de transformar o seu entorno em uma “Terra de Israel”, levando a luz da Torá e suas mitsvot até mesmo aos locais mais remotos. Além disso, D’us deu, ao homem, inteligência para esse fim.

(O Rebe de Lubavitch)

“E parecíamos gafanhotos aos seus olhos, e assim éramos aos seus olhos.” (Bamidbar, 13: 33)

Esta declaração foi um dos pecados que os espiões enviados cometeram quando /voltaram de Canaã. Eles não deveriam ter se preocupado com a forma como aparentavam aos outros. Não bastou a impressão de serem tão pequenos quanto gafanhotos: sentiram-se obrigados a acrescentar que os gigantes concordavam com eles.

(Rabino Menachem Mendel de Kotsk)

“Se D´us nos deseja, Ele nos trará a esta Terra […].” (Bamidbar, 14: 8)

Outra maneira de interpretar este versículo é “Se o desejo de D´us está dentro de nós” – se o desejo e a vontade de nos apegar a D’us estão, verdadeiramente, em nosso coração, então “Ele nos trará a esta Terra”, teremos sucesso em realizar nossa missão aqui na Terra.

(O Admor de Modzhitz)